Alma de Jardineira

domingo, setembro 26, 2010

não choro eu

Eu, quando choro,
não choro eu.
Chora aquilo que nos homens
em todo o tempo sofreu.
As lágrimas são as minhas
mas o choro não é meu.

António Gedeão

1 Comments:

  • ABSOLUTAMENTE PERFEITO,ESSE VERSO.
    Como sempre escolhes com esmero as imagens e versos para nos tocar a alma.

    By Blogger Escrevedeira, at 2:26 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home