Alma de Jardineira

segunda-feira, junho 14, 2010

a visão que alguém sonhou

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver
E que nunca na vida me encontrou!

Florbela Espancaue

4 Comments:

  • Cara Lilia,também sou amante de flores e versos.Temos aqui no Brasil uma poetiza bem ao gosto de pessoas que gostam do ritmo dos versos para embalar as visitas ao jardim,é Cecília Meireles, sua obra é de um lirismo dulcíssimo! Se me responderes mando-lhe fotos do meu jardim e alguns versos para alegrares teus dias Carinhosamente Cláudia Ganzarolli

    By Blogger Escrevedeira, at 3:11 da tarde  

  • Para voce alguns poemas da Cecilia Meireles.
    Visto de baixo, o arvoredo
    é renda verde de luar,
    desmanchada ao vento crespo
    que à noite regressa ao mar.

    Vão passando os varredores;
    vão passando e vão varrendo
    a terra, a lembrança, o tempo.

    E, de momento em momento,
    varrem seu próprio passar...

    Cecília Meireles, in Mar absoluto e outros poemas (1945)




    LUA ADVERSA

    Tenho fases, como a lua
    Fases de andar escondida,
    fases de vir para a rua...
    Perdição da minha vida!
    Perdição da vida minha!
    Tenho fases de ser tua,
    tenho outras de ser sozinha.

    Fases que vão e vêm,
    no secreto calendário
    que um astrólogo arbitrário
    inventou para meu uso.

    E roda a melancolia
    seu interminável fuso!
    Não me encontro com ninguém
    (tenho fases como a lua...)
    No dia de alguém ser meu
    não é dia de eu ser sua...
    E, quando chega esse dia,
    o outro desapareceu...
    Cecília Meireles

    SONETO ANTIGO

    Responder a perguntas não respondo.
    Perguntas impossíveis não pergunto.
    Só do que sei de mim aos outros conto:
    de mim, atravessada pelo mundo.

    Toda a minha experiência, o meu estudo,
    sou eu mesma que, em solidão paciente,
    recolho do que em mim observo e escuto
    muda lição, que ninguém mais entende.

    O que sou vale mais do que o meu canto.
    Apenas em linguagem vou dizendo
    caminhos invisíveis por onde ando.

    Tudo é secreto e de remoto exemplo.
    Todos ouvimos, longe, o apelo do Anjo.
    E todos somos pura flor de vento.
    Cecília Meireles


    4º Motivo Da Rosa (Cecília Meireles)

    Não te aflijas com a pétala que voa:
    também é ser, deixar de ser assim.
    Rosas verá, só de cinzas franzidas,
    mortas, intactas pelo teu jardim.
    Eu deixo aroma até nos meus espinhos
    ao longe, o vento vai falando de mim.
    E por perder-me é que vão me lembrando,
    por desfolhar-me é que não tenho fim.

    A arte de ser feliz
    Houve um tempo em que minha janela se abria
    sobre uma cidade que parecia ser feita de giz.
    Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco.
    Era uma época de estiagem, de terra esfarelada,
    e o jardim parecia morto.
    Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde,
    e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas.
    Não era uma rega: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse.
    E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz.
    Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor.
    Outras vezes encontro nuvens espessas.
    Avisto crianças que vão para a escola.
    Pardais que pulam pelo muro.
    Gatos que abrem e fecham os olhos, sonhando com pardais.
    Borboletas brancas, duas a duas, como refletidas no espelho do ar.
    Marimbondos que sempre me parecem personagens de Lope de Vega.
    Ás vezes, um galo canta.
    Às vezes, um avião passa.
    Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino.
    E eu me sinto completamente feliz.
    Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas,
    que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem,
    outros que só existem diante das minhas janelas, e outros,
    finalmente, que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim.
    Autor: Cecília Meireles

    By Blogger Escrevedeira, at 3:55 da tarde  

  • Lilia...
    Ser Jardineira é isso mesmo! Construir um jardim bordado de clematites, heras, lírios e pensamentos. Esperar que a sementinha minúscula, brote, cresça e floresça, sem pensar na colheita, porque a colheita é tão só o acto de semear!

    Bam haja

    Jardineiro do Rei

    By Blogger Jardineiro do Rei, at 6:55 da tarde  

  • says a lot of people pay back their financial products in timely manner plus without having problems
    A respected debts a good cause desires the quantity of men and women looking towards these pertaining to enable over cash advance obligations to help double this unique. consumer debt charitable trust says all around have used the particular payday, large benefit financial products 2010. The particular charitable organisation states several years past the quantity of buyers using them was initially unimportant.
    kredyty bez bik
    szybka pożyczka
    zobacz źródło tego artykułu
    pożyczki prywatne
    pożyczka na dowód

    http://pozyczkanadowod24.net.pl
    http://szybkapozyczkabezbik.org.pl
    http://kredytybezbik24.net.pl

    By Anonymous Anónimo, at 5:11 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home