Alma de Jardineira

quinta-feira, abril 22, 2010

Revolvo a terra das minhas flores cansadas.


Revolvo a terra das minhas flores cansadas.


A terra é a profunda alma de todas as coisas.
Apenas um breve intervalo separa os corpos:
a terra que suporta os vivos
é a terra que guarda os mortos.

Teresa Klut, in "As noites"

1 Comments:

  • Belas fotos e textos tão singelos que nos tocam na alma.
    Cheguei ao teu blog por acaso, feliz momento para mim.
    Um abraço,
    Deise Lemos

    By Anonymous peixes do cerrado, at 9:58 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home