Alma de Jardineira

quinta-feira, março 04, 2010

simplesmente uma palavra a mais


e mais uma palavra
é simplesmente uma palavra a mais

inevitável uma solidão
- uma mais pura solidão
de olhos que queimam o
descanso em todas as cores -

há um tempo sonolento
nesta cidade de fuligem
queimada do carvão
dos meus olhos

resta o esforço
de aproximação inocente
às ruas e aos minutos

ou não resta nada

Dinarte Vasconcelos

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home