Alma de Jardineira

sexta-feira, agosto 14, 2009

a vereda quase triste das palavras

Não há senão a casa viva do olhar
à beira do crepúsculo
não há senão
a vereda quase triste das palavras

Eugénio de Andrade

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home