Alma de Jardineira

domingo, agosto 30, 2009

Nocturno da água

Pergunto se não morre esta secreta
música de tanto olhar a água,
pergunto se não arde
de alegria ou mágoa
este florir do ser na noite aberta.

Eugénio de Andrade

1 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home