Alma de Jardineira

domingo, maio 24, 2009

Louvor do esquecimento


(....)

Como se levantaria, sem o esquecimento

Da noite que apaga os rastos, o homem de manhã?

Como é que o que foi espancado seis vezes

Se ergueria do chão à sétima

Pra lavrar o pedregal, pra voar

Ao céu perigoso?


A fraqueza da memória

dá Fortaleza aos homens.


Bertol Brecht

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home