Alma de Jardineira

quarta-feira, maio 20, 2009

Foi para ti que desfolhei a chuva

Foi para ti
que desfolhei a chuva
para ti soltei o perfume da terra
toquei no nada
e para ti foi tudo

Para ti criei todas as palavras
e todas me faltaram
no minuto em que talhei
o sabor do sempre
(...)

Mia Couto

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home