Alma de Jardineira

segunda-feira, fevereiro 09, 2009

Do mar que cantava só para mim



As ondas quebravam uma a uma
Eu estava só com a areia e com a espuma
Do mar que cantava só para mim.

Sophia de Mello Breyner Andressen


0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home