Alma de Jardineira

domingo, agosto 10, 2008

Às vezes

A manhã às vezes fica muito longe.
E o dia. Fica muito longe.

Só a noite e as sombras e o silêncio e o medo
Têm tamanhos que não alcanço.

2 Comments:

  • Querida amiga. Bela fotografia, mas quando olho para umas grades, não sei porquê arrepiam-se os meus cabelos. Saber que por lá passei em jovem uma só noite do ano de 1960, logo após o rapto do Santa Maria, por estar a comentar com outro colega deixam-me aterrorisado tudo o que sejam grades. Coisas que nunca mais esquecerão da minha mente.

    By Blogger Espaço do João, at 4:37 da tarde  

  • Muito sentido...

    By Blogger Dalva Maria Ferreira, at 6:39 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home