Alma de Jardineira

sábado, fevereiro 10, 2007

Saudades


Esta planta era uma das muitas que me acompanhavam na minha antiga casa. Há mais de 4 anos que vive algures numa escada, em casa dos meus pais.
Agora, só para matar saudades, está à minha porta. A minha mãe nem queria acreditar que eu a trazia. Disse -me que esta planta era demasiado feia para eu a ter à porta.
A beleza da saudade não se vê. Trouxe-a na mesma.

1 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home