Alma de Jardineira

segunda-feira, janeiro 29, 2007

Convivência de opostos


Tenho, no mesmo vaso, duas plantas opostas. A malva, segundo o povo, significa lágrimas. A outra, uma espécie de ensaião de que neste momento não me lembro o nome, dizem os seguidores do Feng Shui que dá sorte.
Tenho-as juntas, em coexistência pacífica e amigável. Afinal, tudo na vida tem esta dualidade, nunca se pode viver só com o bom, há sempre uma qualquer pedra no sapato, algo que nos magoa, algo que nos põe tristes. Sempre.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home